sábado, 29 de maio de 2010

Nada


Deixarei BEM claro, antes de tudo: Isto não é uma RECAÍDA ok? É apenas saudade, apenas uma nostalgia, uma vontade, uma suposição do que poderia acontecer se tudo fosse diferente.
Hoje passei perto da casa dele. Não sei descrever exatamente o sentimento que senti, só sei que era uma coisa estranha. Meu estômago revirava, minhas pernas tremiam feito vara verde, e meus olhos.. Ah, meus olhos se enchiam de lágrimas que insistiam em cair. Me senti uma completa idiota por sentir aquelas coisas e tratei logo de me recompor. Acabou. Morreu. Passou. Infelizmente, meu coração não pensava assim. E insistiu em ficar com ele na cabeça todo o tempo. No shopping, eu andava.. Andava.. Andava.. E não existia nenhuma mão pra segurar a minha, nenhum corpo pra ficar junto do meu, nada. Só as lembranças. Passei exatamente onde nós 'brigamos' quando fomos lá. Fiz mesmo trajeto que fiz da outra vez. Sentei no sofá para esperar alguém.. Nada. Ninguém voltou. Me senti só. Mas não parou por aí. Enquanto eu andava atrás dos meus pais, alguns caras me cantavam, olhavam na cara dura.. E eu ali, sozinha. Não existia aquele 'alguém' pra me sentir melhor e mais segura. Não existia ninguém. Na volta, nostalgia total. Na escuridão da noite, dentro do carro, ouvindo '(...) Depois de você, os outros são os outros e só (...)', não me contive e deixei escorrer alguns resquícios de tristeza que ainda guardava dentro de mim. A saudade era forte... E eu imaginava como seria se tudo fosse diferente, se ele estivesse lá... Doeu. Machucou. E a cicatriz, quase curada, se abriu novamente. Dessa vez sangrou. Ao olhar outdoors de Dia Dos Namorados, propagandas em folhetos de loja, meu coração se espremeu. E ficou ali, apertadinho.
E continua aqui, apertadinho, esperando o dia passar logo e acreditar que todos os sentimentos foram embora. Pra nunca mais voltar.

sábado, 22 de maio de 2010

Montain




The struggles I'm facing
The chances I'm talking
Sometimes might knock me down
But no, I'm not breaking
I may not know it
But these are the moment that I'm gonna Remember most and just gotta keep going
And I got to be strong
Just keep pushing on
'Cause there's always gonna be another montain
I'm always gonna want to make it move
Always gonna be an uphill battle
Sometimes you're going to have to lose
Ain't about how fast I get there
Ain't abou whats waiting on the other side
It's a climb.
[The Climb - Miley Cyrus]

Sorriso de criança


Não existe nada mais puro ..
Nada mais encantado ..
Nada mais sincero ..
Nada mais lindo ..
Nada mais mágico ..
Nada mais intenso ..
Do que o sorriso de uma criança!

Frio



Frio combina com..

.. Dormir de conchinha
.. Chocolate
.. Comédia-Romântica
.. Carinho
.. Cafuné
.. Abraços
.. Beijinhos

(...)

Frio combina com você..

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Anjos


O que é um anjo para você? Uma pessoa especial, um ser inexistente... O que é um anjo para você?
Acredito que anjos estão sempre ao nosso lado, aonde quer que seja e pro que seja. Esses anjos cuidam para que não façamos burradas mas, quando fazemos, eles consolam. Estão sempre dispostos a oferecer seu ombro. Nossos anjinhos também aconselham, puxam a nossa orelha quando é preciso e fazem tudo isso só para não deixar que nossas lágrimas escorram, só para arrancar nem que seja um sorrisinho no canto da boca. Fazem por carinho e amor.
E esses anjos não são iguais como nós costumamos ver. Não tem asas, nem se vestem só de branco não. Nem precisam ter cabelos cacheados, loiros e olhos azuis. Eles também tem nome, endereço e até msn! E são escolhidos por nós mesmos. Nós costumamos chama-los de AMIGOS!
O recado que eu dou para os meus anjos é: Eu sempre estarei aqui porque eu amo vocês!

Permita-se!

Permita-se!
Tome banho de chuva,
Mostre a língua a alguém,
Cante o mais alto que puder,
Acredite no amor verdadeiro,
Confie nas pessoas que te cercam,
Faça cada minuto do dia valer a pena,
Jogue-se de cabeça em cada emoção,
Sinta o vento tocando seu rosto,
Fique com quem te faz rir,
Seja quem quiser ser, seja feliz!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Bullying


Apesar de muitos acharem que tudo isso é novo, mal sabem que esse ato sempre fez parte da nossa sociedade em todos os lugares do mundo. Na escola, no trabalho, e até mesmo em família, o Bullying nunca deixou de existir. Um apelido, um chingamento, uma ofensa... É Bullying. Um tapa, uma zombada.. É Bullying.
A expressão vem do inglês e significa amedrontar referindo-se á atitudes ameaçadoras, tanto por agressões físicas ou verbais. O que assusta é que muita gente não percebe quando pratica ou sofre com isso. Exemplo disso são aqueles estudantes que zombam de tudo e de todos. Um porque tem nariz grande, o outro porque usa óculos e assim vai. Mal sabem eles que, com essas atitudes, estão interferindo no desenvolvimento psicológico e moral dessas pessoas. Muitas vítimas de Bullying crescem tímidas, amedrontadas e sentem calafrios só de ouvir a voz dos zombadores.
Eu confesso que quando sofri de Bullying, mal sabia que isso existia. Para mim era só mais uma brincadeira dos meninos da minha sala. Mas hoje vejo que não, era coisa séria e que eu podia fazer mais do que fiz. Eu era criança, mas me ofendia bastante com os apelidos (que não tinham nada á ver) e via que me calar não era a melhor solução. Procurei a direção da escola, conversei com a minha mãe, chamei os pais dos praticantes e fiz de tudo para aquela situação melhorar. Hoje estou completamente recuperada, mas sempre sinto um frio na espinha quando escuto um dos apelidos que carregava na infância. A dica que eu dou por experiência própria é: não deixe como está. Nada vai melhorar sozinho se você não fizer nada. Use e abuse de todos os meios para acabar com isso ou senão terá sérios problemas futuramente. E ria! A piada sempre perde a graça quando é ignorada!
Já para quem pratica isso, eu só digo uma coisa: Isso não passa de medo de ser a próxima vítima da vez. As pessoas que ofendem as outras com brincadeiras maldosas só fazem isso para chamar a atenção da turma para os defeitos dos outros, pois temem que alguém enxergue seus próprios defeitos. Mal sabem elas que o mundo dá milhares de voltas, e que um dia o feitiço vira contra o feiticeiro.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Rumo ao infinito


Tudo faz sentido, vai ser bem melhor!
Por que temos tanto medo de tomar decisões? Isso é do ser humano, nós nunca conseguimos decidir de uma vez o que nós queremos. Ao ir á uma loja e escolher a camiseta mais bonita, ao ler vários livros e escolher o melhor, ao tomar aquelas grandes decisões. Acho que o que mais alimenta esse medo é o próprio medo de ter medo. Medo do estranho. Medo do desconhecido. Medo do que pode acontecer se decidirmos uma coisa diferente do que nós estamos acostumados. Se você vai sempre á uma loja de sucos, e pede sempre o suco de laranja tradicional, eu te pergunto: Por que não o de melancia? É o medo. Medo de não gostar e pensar 'putz, joguei dinheiro no lixo!'. O que devemos ter consciência é de que o medo atrapalha muitos outros sentimentos que podem, até mesmo, não acontecer. Como você vai se apaixonar pela cor amarela, se sempre usa a preta?
É por isso que eu digo: ARRISQUE-SE! Mesmo que não dê certo, mesmo que você queira voltar atrás depois .. É como cita aquela frase: 'O pior arrependimento não é aquele que fazemos e erramos, e sim, aquele que deixamos de fazer'. Também é importante não ter medo de assumir que errou depois e tentar concertar. Pelo menos você se arriscou, viu o que aconteceria se tivesse feito aquilo que pensava mesmo. E assumir que errou não é nenhuma vergonha. É uma virtude, isso sim! Uma virtude que poucos tem, mas que todos nós podemos conseguir. Basta enxergar para o próprio umbigo e deixar o orgulho de lado. Nós só temos á ganhar!

Este mês:

Sagitário

Você anda exagerada e sem pudores. Por isso mesmo, deve realizar tudo o que tem vontade - e ninguém poderá lhe impedir. Seus pais e professores estarão muito rigorosos. Para que a entendam, explique a razão das suas atitudes.

Coração: Você conhecerá um menino do tipo 'para casar'. Essa situação vai forçá-la a escolher entre sua liberdade e um relacionamento.

Alerta: O excesso de confiança pode gerar problemas.

Preciso escrever mais alguma coisa? Me segurem! haha! (;

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Coração de menina


Vocês, meninos, são uns bobões. Não fazem idéia de como funciona um coração de menina. Não sabem como ele fica quando vocês dizem que 'foi bom te conhecer' ou que 'eu me preocupo com você'. Mesmo não querendo, nós criamos as maiores expectativas do mundo, imaginamos como será daqui pra frente, planejamos cada detalhe de quando nos encontrarmos, acreditamos que tudo vai ser pra sempre. E aí o tempo passa .. E vocês não dão a mínima .. Nenhuma ligação, nenhum sms, nenhum 'reply', nada! E todo aquele conto de fadas acaba. E as lágrimas aparecem novamente, e o sol vai embora, e o que um dia foi colorido se torna cinza. Vocês mal sabem disso!! Mas pensa que é só por aí? Nada disso. Vocês chegam de mansinho, explicam que 'não tem nada á ver' e nós, idiotas claro, acreditamos em vocês. Damos créditos créditos para o que vocês dizem e pensamos que vocês vão mudar.
Mudar.. Mudar.. Essa palavra definitivamente não existe quando se trata de garotos!

No broken-hearted girl

You're everything I thought you never were
And nothing like I thought you could have been
But still, you live inside of me, so tell me how is that?
You're the only one I wish I could forget
The only one I love to not forgive
And though you break my heart, you're the only one
And though there are times when I hate you
'Cause I cant' erase
The times that you hurt me and put tears on my face
And ever now, while I hate you, it pains me to say
I know I'll be there at the end of the day

I don't wanna be without baby
I don't wanna a broken heart
Don't wanna take a breath without, baby
I don't wanna play that part
I know that I love you, but let me just say
I don't wanna love you in no kind of way, no no
I don't wanna a broken heart
I don't wanna play the broken-hearted girl
No, no, no broken-hearted girl

There's something that I feel I need to say
But up til' now I've always been afraid taht you would never come around
And still I wanna put this out

You say you've got the most respect for me
But, sometimes I feel you're not deserving of me
And still, you're in my heart
But you're the only one
And yes, there are times when I hate you, but I don't complain
'Cause I've been afraid that you would walk away
Oh, but now I don't hate you
I'm happy to say
That I'll be there at the end of the day ..


Broken-hearted girl - Beyoncé

Príncipes encantados existem?


Afinal, príncipes encantados existem? Me pergunto isso diversas vezes, em vão. Há algum tempo atrás eu tinha certeza que existia mas hoje em dia não sei de mais nada. Estou começando á me acostumar com a idéia de que acabou mesmo. Não existe. Mas será mesmo? Eu só queria um para mim. Um príncipe da realidade. Um menino-príncipe. Um que acertasse mas também errasse, como todos. Queria um garoto que compartilhasse comigo suas alegrias e tristezas. Que contasse pra mim seus planos, seus sonhos, suas idéias, suas angústias, seus medos .. Não quero ser mais a 'fofinha', a 'gatinha', a 'bonitinha'! Eu quero ser a 'minha pequena' de alguém!! Quero ser chamado de meu amor, minha mulher, minha menina .. Quero ser o desejo de alguém. Quero receber torpedos carinhosos, ligações supresas .. Quero alguém com quem eu possa dividir o que eu penso, o que eu sonho, o que eu espero .. Estar ao lado de um garoto que me ame incondicionalmente, mais do que ele mesmo possa imaginar. Quero ter motivos de sobra pra sorrir (até das coisinhas mais fúteis do dia-a-dia!). Quero ter a alegria de completar 1, 2, 3 meses com alguém, quero ser supreendida ao ganhar uma florzinha rosa roubada do jardim de uma casa naquele dia em que nada dá certo. Quero acordar com o cabelo todo despenteado e alguém me dizer 'você é linda até quando acorda!'. Quero briguinhas de amor, daquelas 'Ah, pára vai! Eu que te amo mais!'.
Não quero mais chorar de trsiteza. Se for para derrubar lágrimas, que seja de alegria. Quero acordar e pensar em como sou feliz por ter uma pessoa tão maravilhosa ao meu lado.
É pedir muito?