domingo, 29 de agosto de 2010

Medo..


Logo eu, que falo tanto para as pessoas serem destemidas, ás vezes sinto um medo. Deve ser normal, quem não sente? Principalmente se esse medo é de coisas ruins voltarem. Sabe... Quando se tem um coração todo machucado, e cheio de band-aid de mágoas passadas, é difícil acreditar que tudo será diferente. O medo de se entregar de novo e talvez ter todo aquele sofrimento novamente é gigantesco. Ninguém quer sentir dor, ninguém quer se sentir sozinho, ninguém quer ser infeliz. E ninguém quer ter todas as coisas ruins que já se passaram, de volta.
É importante tentar sempre, e arriscar novas histórias. Quem disse que aquilo tudo se repetirá? Só o tempo pode dizer isso. Mas se não damos uma chance á nós mesmos, como o tempo poderá dizer isso? É preciso acreditar que tudo será diferente. Mais feliz! E se tiver que ter um fim de novo, terá. Tem como prever? Não! Correr riscos é necessário. Mas que rola o frio na barriga, ah, isso é inevitável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!