quinta-feira, 28 de outubro de 2010

É o culpado de tudo!


É você que não me deixa pensar direito. Se minhas buxexas ficam coradas, o causador desse efeito é você. As noites e noites de insônia acontecem porque você não sai mais do meu pensamento. Até mesmo nos meus sonhos você dá um jeitinho de aparecer. E se eu pareço boba, ás vezes, é pra te fazer rir. Se eu te olho profundamente, a explicação é tentar ler sua alma. Se te beijo tão intensamente, é o medo de te perder. Se dou um pequeno sorriso no canto da boca, é porque o que eu tenho logo ali, na maioria das vezes você, me atrai fatalmente. Mas se quero estar ao seu lado á todo momento, é porque de um jeito ou de outro, você me faz bem. E se eu quero ficar sozinha, logo penso em ficar sozinha com você. Aquela necessidade de sentir uma mão quentinha entrelaçada na minha só aparece quando você está por perto. Se preciso de um abraço, o que me vem á cabeça são seus incríveis braços aconchegantes. E quando ouço aquelas músicas que você me mostrou, é inevitável não lembrar de algumas lembranças boas. Concluo que, se fico vermelha, não durmo direito, sonho acordada, desejo as mesmas coisas o tempo todo, penso na mesma pessoa dia e noite, necessito de algumas atitudes únicas e consigo amar demais um único alguém, a culpa é sua!
Inteira e exclusivamente sua!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!