sexta-feira, 25 de março de 2011

Peça da vez: Cardigã

Eu preciso revelar uma coisa: sou perdidamente apaixonada por cardigans! Femininos, masculinos, não importa. Mas que eles são apaixonantes, ah, isso não tem como negar. E o post de hoje vai falar justamente disso! Eu não vou fazer um tutorial de cardigã e mostrar detalhadamente com o quê, onde e quando usar, até porque não sou uma consultora de moda mas, baseada nos meus gostos, vou mostrar os mais bonitos e as combinações mais legais de se fazer!


A combinação mais fácil e mais usada é a com calça jeans ou legging. É o combo conforto + praticidade, queremos mais o quê né?


É legal esse mix de vestido e/ou saia com cardigã, principalmente em cidades que mudam de tempo com frequência como, por exemplo, aqui em Campinas que de manhã tá aquele friozinho, de tarde um calorão e de noite volta o tempinho fresco. 


Essa é uma das combinações que eu mais gosto. Fica cool e ao mesmo tempo "protegida". Short com meia-calça então... Adoro!!

  

E para as mais ousadas, como a dona deste blog, tem os estampados que, na minha opinião, são os mais perfeitos! Liberty, oncinha, bolinhas, o que vale é ser diferente!
Essa é minha dica pra esse tempo maluco. Comprem seus cardigans e sejam felizes! 

Ps. Tô doente pra comprar um de bolinhas mas não acho. Se alguém ver um aqui em Campinas, por favor, contate-me!



terça-feira, 22 de março de 2011

Eu rio, tu ri



Eu, você
Dois corpos ali, quentes, achonchegados
Digo besteiras, você ri
Ri com simplicidade
Eu rio, boba, apaixonada
Uma música imaginária começa no ar
Eu percebo, não sei você
Apoio minha mão na sua, sem pretensão
Sem dizer uma palavra, consigo mostrar com gestos:
Estarei aqui por você, pra sempre. 



domingo, 13 de março de 2011

The end.



Sabe de uma coisa? Eu cansei. Faz um tempo já que eu desisti de muitas coisas e muitas pessoas. Cansei de ser aquela amiga que sempre liga, sempre se preocupa, sempre quer saber se está bem ou não. Então quer dizer que aquele 'pra sempre' prometido foi tudo uma farsa? Porque é isso que parece. Me sentia bem em 'agitar' as coisas, organizar tudo, reunir todo mundo. Mas e agora? Se eu não faço isso, ninguém faz, isso está claro. Passar por perto, dizer aquele 'oi' apagadinho e dizer 'depois eu te ligo pra gente marcar de sair!'. Quer dizer que todos aqueles anos de 'amizade' foram um nada né? Sim, claro, até porque esse 'depois' nunca chega. Rs. Como é a vida né? A gente sempre soube que devíamos aproveitar cada dia como se fosse o último porque cada momento é único.Nós nos esquecemos disso tão fácil! Depois de um tempo, vimos as fotos e pensamos: Droga, por quê acabou? 


ps. Não citei nomes porque cada um sabe de si. 

Novo ciclo



É claro que nada do que você fizer de novo será igual, tudo é diferente, tudinho. Isso acontece principalmente em relações, tanto de amigos como de namorados. Uma amizade é diferente da outra, um namoro é diferente do outro. É assim que a gente aprende! Se no primeiro relacionamento aquela atitude foi errada, na segunda a gente tenta fazer certo. Quando a gente namora uma vez e se machuca com o final, entramos no segundo com receio de acontecer tudo de novo. Isso é óbvio. Mas com o tempo, vamos vendo que cada pessoa é diferente. Talvez isso que um faz, o outro não fazia, e vice-versa. A única solução é aceitar as diferenças e tentar uma boa convivência. Sou completamente contra brigas, e muitas vezes abri mão de defender aquilo que achava certo só para poder terminar aquele clima chato logo. Mas uma coisa que eu aprendi é não concordar com tudo só pra evitar discórdia. Se não gostei, falo e pronto. Claro que ás vezes uma ironia básica aparece. Aliás, quando eu estou brava, tudo o que eu disser pode-se considerar ironia. Só que essa história de 'não foi nada', 'tá tudo bem' .. Não cola mais! Não aqui, pelo menos. E essa é uma dica que eu dou pra quem pensa como eu. Não deixe de expressar o que sente só pra não deixar um climão no ar. A liberdade de expressão está aí pra isso: Ser usada.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Carnaval: Unhas!

Tá li-be-ra-do meninas! A partir de hoje podemos usar todos os esmaltes que temos, todos juntos e misturados, sem medo de ser feliz! É carnaval, é festa, é folia e ninguém tem medo do ridículo. Ouse!! Selecionei algumas fotos como inspiração para vocês, mas usem a criatividade e deixem a imaginação fluir, haha!



Tem as coloridas para quem vai curtir o Carnaval de dia ...




E as brilhantes para quem vai agitar uma coisa mais noturna! O que não vale é usar base ou ficar na francesinha básica em pleno Carnaval. Vamos nos permitir!!

Novidade!

Não sei se notaram mas o Nutella Com Banana está de cara nova. Isto porque ele será mais 'informativo' agora. Não vou deixar de postar o que eu penso nem o que eu sinto, mas vou colocar aqui dicas de moda, beleza e saúde! Se não der certo, volto ao que era antes, mas estou otimista! Espero que gostem das futuras postagens,


um beijo :*

terça-feira, 1 de março de 2011

A certa



Dia desses, perguntei a uma amiga o que ela mais temia em relação ao namoro. Esperava uma resposta como 'traição' ou qualquer coisa do tipo mas a resposta foi surpreendente: "Eu tenho medo de que ele perca o encanto... Passe a me ver como uma garota normal." Depois essa resposta ficou martelando na minha cabeça até chegar a conclusão de que (sim!) eu e mais todas as meninas do mundo temos esse medo, mesmo que inconsciente. Pensa comigo: "Se ele está completamente encantado por você, por quê raios do céu ele te trairia? " É relativo. Ok, eu sei que a carne masculina é fraca e simplesmente não 'consegue' resistir a um rabo de saia, mas se o garoto está realmente apaixonado, nem vai ligar para as outras (penso eu...). 
Nós só queremos aquele comecinho de namoro pra sempre. Nada de rotina, nada de costumes. Queremos que aquele coraçãozinho que tanto amamos bata forte sempre que nos vê. Como já dizia Rihanna, queremos ser a única garota no mundo. Vamos lá, não pode ser tão difícil assim. Um bilhetinho, um mão em cima da outra, um abraço surpresa... Tudo isso faz tanta diferença! 




Só estou fazendo um pedido em nome das muitas que pensam como eu:
Por favor, não perca o encanto em mim... Não me ache normal, me ache A garota certa.