terça-feira, 28 de junho de 2011

I can't accept it anymore.

12976879193961_large



Que pena que pra você eu jamais serei boa o suficiente. Eu posso ser até demais, mas em outro sentido. No sentido ruim demais, errada demais, falante demias. Que pena que eu posso até contruir o mundo de novo, eu nunca terei sua admiração. Um 'parabéns!' ou 'aí sim, ein filha!'... Rs, doce ilusão. Não adianta vir com desculpas esfarrapadas de que é o seu jeito pois, se realmente fosse isso, eu já teria me acostumado. Dezessete anos é tempo suficiente pra isso. Ou não, já que nada é suficiente quando se trata de você. E aquele velho papo de que teve um dia cheio... Eu também preciso matar um leão diariamente mas nem por isso, saio dando patada em todos que vejo. Lamento, mas tudo cansa e essa situação já me cansou faz tempo. Posso acertar dez vezes, mas se erro uma... Críticas e a questão de mostrar que está 'cansado de mim' aparecem na hora. É por isso que eu não acredito nesse 'ciúme' que aparece ás vezes e me esforço sim, para agradar todos á minha volta. Você eu já desisti.
Felizmente, tenho uma excelente notícia: se tudo der certo, ano que vem arrumarei um emprego bem legal, e trabalharei o tempo todo, farei faculdade a noite e só estarei em casa pra dormir! Nesse tempo, juntarei dinheiro para, brevemente, sair de casa! UHUL, você não precisará mais olhar pro meu rosto!


ps. Fiz o texto ouvindo Under Cover of Darkness, lembrei do Otávio e como ele me trata.. esse sim, é tratamento digno de quem ama .

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Menina á mulher

Tumblr_ln4915ahiv1qb0glco1_500_large


Meninas só viram mulheres quando (re)conhecem seu próprio valor. Enquanto insistem em mudar por homens, abaixar a cabeça pra tudo que dizem, e abrir mão de seus próprios sonhos para realizar os dos outros ainda são garotas. Imaturas. Inocentes. Mas quando batalham pelo o que querem, e não tem vergonha de se assumir perante aos outros, é hora de deixar a boneca de lado e dar vez a vida de MULHER.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dica de Filme: 127 Horas

Há um tempo atrás, assisti o filme 127 Horas do Danny Boyle e achei sensacional! O filme conta a história do alpinista Aron Ralston (James Franco), em uma de suas escaladas. Desta vez, o cara tinha decidido escalar as montanhas de Utah, nos Estados Unidos, mas infelizmente seu braço fica preso em uma fenda. Aron fica 5 dias (ou 127 horas) entre as montanhas, com água fracionada, sem comida, e a incógnita 'Será que eu vou sair vivo daqui?'. O filme é baseado em fatos reais e é uma admirável história de vida! Confira o trailer:



O mais legal é que o Aron gravou tudo, tanto no filme quanto na vida real e podemos achar os vídeos verdadeiros dele no youtube. Dá uma olhada!



O filme ficou tão caprichado que a gente confunde até o que é ficção com o que é real. É bacana pesquisar a vida dele após o acidente e ver que, mesmo perdendo metade de um braço, ele continua escalando os lugares (agora com uma garra no lugar da mão) e fazendo o que tem vontade. Hoje ele dá palestras em escolas, sempre grifando como é importante lutar pela vida! Achei esse pequeno documentário sobre o acidente e o pós-acidente; infelizmente está em inglês e sem legenda, mas pra quem não entende a língua, dá para acompanhar pelos vídeos e fotos!




Pra quem ainda não sabe o que fazer nesse feriado, fica a dica de filme aqui! 



Tattoo

Pra quem gosta, aqui vão algumas inspirações...

Tumblr_ll1toueekm1qzi6kdo1_500_large Tumblr_lm1nljedmc1qesp57o1_500_large

Tumblr_ln1vyldsbo1qaay1oo1_1280_large
Tumblr_ll1x20kyqh1qgolzyo1_500_large 

Back-back-tattoo-bird-tattoo-separate-with-comma-tattoo-favim.com-58621_large
 207386_211362205559095_100000559501412_798780_6567932_n_large
E aí? Quem vai arriscar, ou melhor, se riscar? :)



terça-feira, 21 de junho de 2011

All Star azul com o preto de cano alto.

Deixo aqui meu eterno obrigada!
Tumblr_lmye2fsrbj1qkf588o1_500_largePor me fazer feliz, por estar comigo sempre que preciso, me dizer bobagens e com isso, me fazer rir como ninguém mais consegue. Amo esse seu jeitinho tímido, esse sorriso brilhante, esses dentinhos se encaixando quando canta, sua voz, ah!, sua linda voz. Amo demais o modo como você me abraça, já disse e repito quantas vezes for preciso que você tem o melhor abraço que eu já senti; aconchegante, forte, verdadeiro, cheiroso, haha! Minha vontade é morar aí nesses braços que eu também amo tanto. Amo quando você tenta cuidar de mim, me desviando das pessoas e tentando equilibrar esse meu jeito desastrado. Amo também quando eu acabo batendo meu braço em algum lugar e você fica esfregando, como se dissesse que a dor vai passar. Amo quando você está concentrado, é incrível te observar e ver como é possível um menino ser tão lindo sério assim. Amo quando você acorda com todo aquele cabelo bagunçado, aquela barba bem mal-feita, aquelas sombrancelhas juntas, e aquela cara de bravo, ah, é realmente um leão! Aliás, essa é uma das vantagens de te ver todos os dias de manhã; a escola pode até acabar mas eu jamais vou esquecer daquele rostinho com jeito de que acabou de acordar me esperando na esquina da nossa padoca. Amo nossa conexão, essa química intensa que cada vez se torna mais forte, amo cada coisa que nós temos em comum e conversamos tanto sobre cada uma. Também amo nossas diferenças, que me fazem crescer amadurecer mais a cada dia, mudando alguns conceitos, vendo a mesma situação por outro ângulo e ouvindo seus argumentos para me fazer concordar com você. Amo sua barriguinha, e eu juro que é inevitável não fazer aquela cósquinha na sua cintura, é muito legal te ver ficando bravo de verdade e ao mesmo tempo, rindo tanto. Também amo te fazer rir, me sinto a comediante em pessoa quando consigo isso (e olha que nem é tão difícil assim, você sempre foi fácil, fácil!). Amo nossas conversas abertas sobre qualquer coisa, trocando opiniões, sabendo preferências, e aprendendo sempre!
Enfim, amo cada parte do seu corpo, cada parte de você, cada gesto, cada expressão, cada palavra, cada risada, cada conversa... Eu amo você!

domingo, 5 de junho de 2011