domingo, 4 de setembro de 2011

A vida é um cristal

Assistindo ao 127 Horas pela terceira vez hoje, me toquei de como são as coisas. A vida é como um cristal... Você precisa cuidar dela, mas ao mesmo tempo, lapidá-la e tirar tudo de melhor que ela pode oferecer. Mas cuidado! Ela é sensível e, se você não prestar atenção, ela quebra. E acaba.


12684573004259_large
Logo pensei nas pessoas que me cercam e se eu estou realmente tirando o melhor de cada uma. Quer sinceridade? Me sinto uma fracassada. Ao analisar cada um dos meus atos, pude ver que podia ter falado mais, procurado mais, e principalmente, cuidado mais. Lembro da minha amiga, tão tão querida, que se foi e eu mal lembro a última vez que fui visitá-la... Aliás, lembro sim... Mas o que eu gostaria de lembrar, não lembro. Porque não fiz. Não a abracei como queria, não disse o quanto a amava e nem o quanto a minha vida foi diferente com a presença dela. Nas outras situações, vi o quanto as pessoas que eu mais amava ficar junto se afastaram de mim, como num passe de mágica. Mudança é assim, eu sei, mas estamos todos vivos ainda, isso não importa? O que são esses quilômetros perto do que a gente cultivou todos esses anos? 
Sabe... Eu me arrependo de tudo isso ter mudado em tão pouco tempo... Mas cá estou, tentando fazer tudo voltar a ser o que era antes. Igual, igualzinho mesmo não dá, até porque nós temos nossas rotinas, mas dá pra  tentar mudar um pouquinho... Eu quero. 
Infelizmente não depende só de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!