sexta-feira, 8 de março de 2013

O novo


E então, o mundo a vira do avesso, a transforma novamente, a molda, a adapta, reconstitui cada pedacinho que faltava dentro dela e a faz novamente sentir os mesmos sentimentos. Engraçado.. Da última vez ouvi alguém dizer que jamais sentiria tudo isso de novo, ou pelo menos, aguardaria um bom tempo antes de dar uma nova chance pra si. E lá vai ela, se entregando, com band-aids e cicatrizes. Os mesmos desejos, anseios, medos... Tudo blá blá blá!
Tumblr_mjau9e8inq1s6lv6po2_500_largeDesta vez o personagem é diferente, nunca viu igual. Pra ela, pensamento positivo, foco no 'Desta vez vai dar certo!', e esperança que inspira. Tudo bem, pode acontecer tudo de novo, inclusive a parte das lágrimas, das músicas preferidas que foram pro fundo do armário, das coisas que lembram o passado, da vida que deixou pra trás. E que poderá deixar de novo, nunca se sabe!
Mas há uma coisinha, lá no fundo, que ainda a move. Um sentimento velho, e ao mesmo tempo, novo. Pequenino, mas tão forte. Aquele controle emocional que já faz parte dela, sem ela, ao menos, sequer ter a chance de escolher se quer isso para si de novo. Acontece... Simplesmente, acontece!


Um comentário:

Gostou? Deixe um comentário!