terça-feira, 30 de julho de 2013

Crianças: Mentes Férteis

Cá estava eu no ônibus, horário de pico (por volta de 18 hrs), o silêncio traduzia o cansaço de todos que trabalharam o dia todo e estavam ali, finalmente indo para a casa. Mas uma coisa interrompia toda esta filosofia: Uma menininha que devia ter lá seus 4, 5 anos indagava sobre a vida, nomes de coisas e seres, por quê? Por quê? Mas, por quê? Eu, jornalista que sou, peguei meu bloquinho e prestei atenção. Pelo visto, as pérolas seriam boas!! 

Primeiro ela começou a ler cada coisa que via. Cin-to-de-se-gu-ran-ça. Tra-vas. Av-A-qui-da-ban. 
- Mãe, sabe por quê aqui se chama Aquidaban? Porque é aqui e aqui é da Ban! Hihihi!
Me diverti com o comentário em pleno fim do dia. Logo, ela começou a reparar nos carros dando seta e não conseguia entender o motivo daquilo. Disse a sua mãe:
- Mas essa seta vai pro céu, só que no céu não tem ruas. Hm, não entendo!
Havia outro assunto interessante dentro de sua pequena cabecinha: Como os lagartos conseguem subir na parede sem cair? Simples! Eles produzem uma 'melequinha melequenta' que gruda as perninhas na parede e fazem eles rastejarem por toda parte. Boa! 
Bom, mas se a gente fosse falar sobre aves, ela gostaria de entender como os pássaros fazem 'assim' com o braço e voam, e nós humanos, se fizermos o mesmo, não voamos... Por quê, mãe? Aves a fizeram lembrar de telefone, que deu-se o seguinte raciocínio: Eu odeio telefone porque ele é bonito, mas não cresce. E pra onde vai nosso dinheiro? Tudo o que a gente compra precisa crescer!
Numa hora dessas, até a minha cabeça já estava a mil, imaginando como tudo aquilo cabia dentro de uma mente tão pequenina como aquela. Mas não parou por aí. Ela completou dizendo que todos nós devíamos saber multiplicar. Eu pensei 'bom, eu sei fazer isso!'. E ela disse: "- Porque se todo mundo soubesse multiplicar, poderíamos multiplicar chocolate!". Eu ri.
Antes de descer, o chocolate a lembrou de tubarão e logo veio a pergunta seguida da resposta:
- Aaaaah, agora eu sei porque tubarão não dorme. Ele pode se afogar!!
Pois é, em 20 minutos dentro de um ônibus, a gente escuta tanta produtividade e descobertas de uma mente infantil que dá até pra fazer um post no blog! Quem diria?

Ps. Deixo aqui o meu incentivo por um mundo com mais criatividades como de crianças! E pais, por favor, alimentem esta fase!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!