terça-feira, 30 de julho de 2013

Eu e o banco, o banco e eu

Não, não... Não estou falando de banco de sentar e passar um lindo dia ali. Aliás, podemos até incluir a parte de ficar sentada e passar um dia todo, mas de lindo não há nada. É um descaso enorme passar DUAS HORAS e MEIA aguardando sua senha ser chamada no banco apenas para cancelar uma conta, ainda mais quando ela foi criada por sua antiga empresa de trabalho, ou seja, você nem pediu por aquilo. 
Para criar contas, é ótimo. A moça vai até os clientes e pergunta com um sorriso enorme estampado no rosto se você deseja entrar para a burocracia da sociedade. Mas para cancelar, você fala ali naquelas mesinhas, onde tem (se é muito) dois atendentes que, além de cancelarem contas, ainda fazem financiamentos, empréstimos, e o caralho a quatro.
E você fica ali. São 12h30 ainda. Olha para o teto, pensa em cada coisa que precisa fazer saindo dali. Pensa de novo, desta vez, calculando cada rua em que terá de andar. Calcula teorias de possíveis horários que conseguirá sair dali, e como isso vai afetar em seu trabalho. Pensa na volta as aulas da faculdade, coisas que precisa fazer em casa. Manda mensagem pro namorado! E pra mãe, e pro pai, e pro chefe avisando sobre o lento atendimento e o "pequeno atraso" que possivelmente acontecerá. Tira tudo o que tem na bolsa, arruma todos os cartões, coloca todas as moedinhas jogadas no porta-moedas. Resolve olhar no relógio, afinal já se passou uma eternidade. PUF! 12h40. 
Ainda se houvesse uma maneira de guardar o dinheiro em casa, dentro de colchões como era feito nos tempos passados... Mas não. Somos obrigados a fazer parte de um círculo onde o único interesse é te afundar, com mãos sujas claro, oferendo ajuda e te apunhalando no peito, no mesmo momento.
Três vidas depois, sua senha é chamada. Inclusive, pelo mesmo moço que a entregou. Ele, com muito interesse em socar-lhe planos ilimitados e coisas que o banco vai 'te dar' (caridades são suas especiarias), perde tempo perguntando: "Mas por qual motivo a senhora deseja cancelar sua conta?"

FRANCAMENTE, MEU AMIGO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!