sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Inspiração - Tippy Degraw

Já ouviu falar em Tippy Degraw, a menina Mogli? Filha de um casal de fotógrafos franceses, a garota nasceu em 1990 na África. Hoje, com 23 anos, ela lembra de sua infância com carinho e saudades. Como seus pais decidiram largar tudo e viver em meio à natureza, seus únicos contatos eram as tribos da Namíbia e os animais, que são o maior destaque neste post. Observem como até os animais selvagens percebem a inocência da menina, que ela não fará nenhum mal a eles e quer apenas sua amizade... Impressionante!! 



 

 

 


Que infância divertida, não é? Olha a Tippy nos dias de hoje!


Quem se interessar, tem o livro dela disponível no google, basta clicar em cima dele neste link AQUI! Além de contar sua experiência, o livro tem bastante imagens das tribos, danças e pinturas. Muito bacana!

No youtube também tem vários vídeos dela, mas este com um leopardo é muito bonitinho! O leopardo praticamente vira um gatinho manhoso perto dela! 






domingo, 24 de novembro de 2013

Feliz Natal!

Ah, o clima natalino... Pessoas sempre receptivas em ajudar nas compras dos enfeites da árvore de natal, sorridentes e felizes! Luzes pisca-pisca espalhadas pela cidade, iluminando mais um final de ano, mais um ano de vida que está passando. Eu, inevitavelmente, sempre associo o Natal com meu aniversário (que é dia 10 de Dezembro) e meu rosto logo se ilumina em um sorriso, afinal há presentes em vista!! 
Shoppings enfeitados com o espírito natalino, crianças encantadas com a magia da data, músicas que lembram o natal dos gringos nos faz dançar sozinhos ou levemente mexer o pé no compasso da melodia. Ah, que magia! 
Logo a memória já puxa aqueles natais em família, onde todos estavam reunidos e felizes, sempre com um Papai Noel da família divertindo à todos e fazendo a esperada entrega de presentes às crianças. Apesar de ganhar uma lembrancinha aqui e ali ainda hoje, dá uma saudade de sentir novamente aquele gostinho de infância! 
Além de tudo, tem as lembranças daquela mesa farta e recheada de delícias de natal, com direito à rabanada e doces que eu adoro. Sem contar nos filmes que os canais de televisão fazem questão de passar como O Natal do Grinch que nos lembra do quão importante é esta data ou O Expresso Polar, encantadoramente mágico!!
Eu sei que não é Natal ainda, mas por mim poderíamos comemorar esta data o ano inteiro! E é por isso que já estou desejando à todos um Feliz Natal, repleto de tudo o que esta data tão especial têm a nos oferecer!! 

Fiz até um playlist especial de Natal, com as top cinco músicas que fazem a nossa cabecinha!!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Cadê as autoridades?


A pergunta que não quer calar: Quem sobreviveu ao feriado do dia 15 de Novembro de 2013? E eu vos digo: EU!

Não foi nada fácil sair daqui de Campinas ás 20hrs na Quinta-feira (14) e chegar em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, por volta das 11hrs da manhã. Sim, 15 horas de estrada!! Nada legal quando você está num carro com 5 pessoas, um calor da Bahia, uma fila de carros sem fim e o pensamento ansioso de 'será que a gente chega lá?'.
Ás 8 horas da manhã da Sexta-feira o bicho realmente pegou. A Oswaldo Cruz simplesmente parou durante a descida da serra e não havia nada a se fazer a não ser descer do carro e descontrair um pouco. Como o povo brasileiro é sempre receptivo (e é isso que me traz orgulho de fazer parte desta nação!), todos começaram a conversar, se ajudar nos momentos de 'xixi', troca de favores... Uma graça, de verdade! Crianças, grávidas, idosos. Mineiros, paulistas... Fusquinhas, Land Rover... Gente de todos os tipos e de todas as classes sociais ali, juntos, sem sinal de celular ou qualquer tipo de comunicação. Isto me lembrou o quão importante é a informação para o ser humano e de como a minha profissão de jornalista merece respeito. Afinal, a única fonte de informação ali, naquele momento, era uma rádio da região que contava como estava o trânsito em outros lugares. 
Graças a Deus, todo esse auê durou apenas uma hora, exatamente no momento em que o sol chegou estralando a mamona. Deu 9 horas da manhã e alguns cidadãos humanos e cheios de atitude resolveram descer a serra de motocicleta para entender o que ocorria. As quatro faixas, tanto de descida da serra quanto a de subida, estavam abarrotadas de carros e por conta disso, o trânsito travou. Todos fizemos uma organização de carros, cumprindo novamente as leis de trânsito e assim, o fluxo fluiu melhor.
Mas então, com toda essa mobilização de gente humana, que estava ali apenas para curtir um feriado com a família perto do mar, tiveram que descer de seus carros para reorganizar o trânsito, eu lhe pergunto: Cadê os policiais? (...) Não vi UM para contar história. 

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

TPM - Tensão Para Matar



Há quem diga que TPM é apenas um mito. Eu mesma dizia isso. Mas depois que seus hormônios resolvem sair do armário e montar uma festa dentro de você, ah meu amor, a TPM além de hormonal, se torna física, com nome e sobrenome. Praticamente um monstro, onde o corpo da dita cuja usada é o seu, que tenta de todas as maneiras não parecer assustadora mas se torna grosseiramente ácida
É, e não tem saída. Você come aquela barra de chocolate, faz a compra do mês na padaria (e engole tudo em questão de segundos), dorme com zilhões de cobertas quentinhas (quem sabe os hormônios dormem, não é?) mas de nada adianta. 
Família, namorado, amigos... Todos são alvo de aliviar o estresse. De aturar o humor azedo típico de manhã, tarde ou noite. De ouvir o choro com gargalhadas de infelicidade apenas porque a TV não está funcionando (baseado em fatos reais). 

Ah, mulheres.. Somos mesmo o sexo frágil. OU NÃO, GR!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Universo Teen

Toda vez que me deparo com situações como as que ocorreram com o fenômeno teen Justin Bieber, no Brasil, lembro-me da época em que eu fazia parte deste universo e a minha felicidade nada mais era do que ir a shows de ídolos e cantar o mais alto que podia. É, eu mudei. Cresci. Eles também, crescerem e amadureceram. Uns sumiram do mapa e foram donos de um único hit. Outros estão na batalha musical até hoje, matando um leão por dia para se manter no topo. 
Uma das coisas que eu mais prezava ao ter um ídolo era caráter. Gente que se achava a última bolacha do pacote, ah não, estes não mereciam meus likes em cada premiação da MTV. O Tico Santa Cruz, por exemplo, foi meu alvo de péssimo exemplo de ídolo por muito tempo ao criticar outras bandas só porque Detonautas não estava mais no auge... É amigão, uma vez de cada. 
Mas aí eu me pergunto: O que aconteceu com aquela geração teen que valia a pena? Na minha época (e olha que não faz tanto tempo assim), ouvia-se Fresno, Scracho, Nx Zero, Fake Number, Hevo 84... Gente qualificada pro sucesso do momento. Hoje temos referências Disney que mal sabem cantar e já estão enchendo seus bolsinhos de grana, fazendo tour pelo mundo e se auto-denominando os reis da música. Oi? 
Portanto, vamos matar um pouquinho da saudade com músicas bacanas, afinal o tempo voooa amor!