segunda-feira, 27 de julho de 2015

Quem é você?

@urbandecay @peektravel Contest Entry



Dia desses, nos meus passeios por sites desconhecidos, encontrei um artigo dizendo que a maioria das pessoas não mostram o que realmente são em suas redes sociais. Afinal, ninguém "normal" consegue ser 100% feliz ou amável diariamente. Nem otimista, com mensagens motivacionais de encher os olhos, e nem tão focado na dieta como demonstram.
Dei uma analisada breve em meu perfil do facebook, chequei minhas atualizações do instagram e concluí: Nem eu! Eu também não sou o que está lá, estampado para quem quiser ver. Percebi isso ao ver que ninguém saberia das minhas crises existenciais da TPM, das minhas brigas caseiras (que acontecem e se resolvem antes que alguém descubra), da barra de chocolate branco que eu devorei sozinha e escondida enquanto assistia aquele filme repetido e chato da Sessão da Tarde e nem dos meus questionamentos pelas espinhas que insistem em aparecer na véspera da festa.
Agora eu te pergunto: Eles precisam saber? As pessoas realmente deveriam saber tudo o que fazemos e como nos sentimos? Ou a rede social é nossa, e usamos ela como bem entender? Prefiro ficar com a última opção. Até porque se todos estão mal humorados ao meu redor, eu compartilho vídeos de cachorros fofinhos e isso já me faz rir feito boba. Ou se eu quero me motivar com a nova dieta, mesmo que eu não siga à risca, postei meu compromisso e me sentirei melhor em acreditar que, pelo menos, estou tentando.
Você, minha amiga ou meu amigo, não deve nada à ninguém. Você pode até postar sobre a faxina que fez no último final de semana ou que comeu comida estragada e teve dor de barriga, mas só se quiser. Se não, as pessoas continuarão achando que você estava apenas se embelezando o sábado todinho e melhor, que até emagreceu (também né?! hahaha!). E você? Senta na janelinha, deixa os cabelos ao vento, sorria e acene!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe um comentário!